Organomineral

Introdução

O fertilizante organomineral é o resultado da mistura física e combinação de resíduos orgânicos de diferentes espécies, enriquecidos com nutrientes minerais que são fornecidos por fertilizantes fabricados industrialmente, que partem de uma ou mais matérias primas orgânicas como:

(N) Nitrogênio das matérias-primas nitrogenadas.
(P) Fósforo dos superfosfatos.
(K) Potássio do cloreto.

E uma gama de micronutrientes, como:
Boro (B)
Cálcio (Ca)
Cobre (Cu)
Cloro (Cl)
Enxofre (S)
Ferro (Fe)
Magnésio (Mg)
Manganês (Mn)
Molibdênio (Mo
Silício (Si)

VANTAGENS DA ADUBAÇÃO COM ORGANOMINERAL

O produto proporciona para as plantas um melhor aproveitamento dos nutrientes, onde é possível verificar um maior desenvolvimento das raízes e da parte aérea causada pela ação dos micronutrientes que atuam na síntese de crescimento, conferindo assim melhor desenvolvimento vegetativo, maior rendimento em grãos, sementes, frutas, pastagens assim como em todas as culturas. Isso acontece em função da carga orgânica que é colocada no solo, a planta absorve mais, fica mais forte tornando-se mais resistentes a pragas e a estresses causados em função do nosso clima.



CUSTO X BENEFÍCIO

Com a quantidade de matéria orgânica aumentada pela aplicação do organomineral as perdas dos nutrientes, como nitrogênio, fósforo ou potássio, praticamente não existem. Com o melhor aproveitamento do adubo no solo, o organomineral faz com que o produtor possa usar de 35 a 40% menos em relação às fontes de nutrientes, o que representa uma redução significativa dos gastos na produção. Além da economia imediata, o produtor rural pode gastar ainda menos em longo prazo, lembrando que os organominerais evitam a salinização provocada pelo excesso de sais dos adubos químicos convencionais.

SAIBA MAIS SOBRE ORGANOMINERAIS

Os fertilizantes organominerais apresentam efeito fertilizante com base nos teores de N, P2O5, K2O e de outros nutrientes. Nestes produtos, a liberação de fósforo da fração orgânica é de 50%, na primeira safra. O potássio, por sua vez, é liberado 100%. Os materiais orgânicos promovem uma melhoria das condições físicas, químicas e biológicas do solo como, aeração, retenção de umidade e estrutura, aumento na capacidade de retenção de cátions, aumento da CTC do solo, do teor de P, do teor de matéria orgânica, e aumento da atividade microbiana do solo que irá agir na solubilização dos fertilizantes minerais liberando nutrientes para as plantas. Embalagens: Granel / Big Bag e Sacaria.